category: 37
category: 84
PRF coloca mais policiais nas rodovias - Site do bairro do Fonseca

PRF coloca mais policiais nas rodovias

61fc-transito_0-161781
PRF coloca mais policiais nas rodovias

O fluxo rumo à Região dos Lagos ficou complicado no início da tarde

O policiamento nas rodovias federais do Rio de Janeiro segue reforçado no último final de semana de 2016, com a “Operação Rodovida Integrada Cidades 2016-2017”. A fiscalização está intensificada desde ontem, quando deve aumentar o movimento de veículos nas rodovias. O objetivo é reduzir, principalmente, a gravidade dos acidentes no período de festas, quando historicamente há um aumento do fluxo de veículos e consequentemente um acréscimo no número de feridos e mortos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) atuará com viaturas, motocicletas e um helicóptero para o patrulhamento aéreo, além da utilização de bafômetros e radares portáteis, para coibir a embriaguez ao volante e o excesso de velocidade, entre outras infrações.
 
As rodovias Niterói-Manilha (BR-101), Rio-Santos (BR-101), Washington Luiz (BR-040), Presidente Dutra (BR-116) e Rio-Teresópolis (BR-116), além da Ponte Rio-Niterói (BR-101), terão reforço no policiamento. Motociclistas da PRF farão rondas nos horários de trânsito congestionado, nas principais rodovias, para reprimir roubos praticados por bandidos que saem de comunidades próximas para cometer crimes. O Núcleo de Operações Especiais (NOE) da PRF também será empregado nos horários e trechos de maior incidência de roubos. Em caso de acidentes ou emergências, a Polícia Rodoviária Federal pode ser acionada através do telefone 191, a ligação é gratuita e o atendimento é feito 24 horas por dia. 

Movimentação – Os motoristas que seguiam em direção à Região dos Lagos na tarde de ontem para passar o Réveillon encontraram trânsito lento nas principais vias de acesso. Os problemas concentraram-se na Alameda São Boaventura, no Fonseca, Zona Norte da cidade onde o congestionamento ocupou toda extensão da via. Por conta disso, de acordo com a Ecoponte, a Ponte Rio-Niterói também apresentou lentidão dos acessos à Reta do Cais e da descida do Vão Central ao Pedágio, tendo o tempo de travessia em 25 minutos. Já no sentido contrário, para o Rio, o tempo de travessia ficou normal, de 13 minutos. 

Também foi registrada grande movimentação na BR-101, com 16 km de congestionamento no sentido Itaboraí, chegando até São Gonçalo, segundo o último informe da Autopista Fluminense, responsável pela administração da via. No sentido Niterói, o fluxo de veículos não apresentou retenção durante a tarde. (Com Brigida Brito)

 

Fonte: http://www.ofluminense.com.br