category: 86
category: 263
category: 37
category: 68
category: 84
Teatro em Niterói e música no Rio são as opções desta quinta-feira - Site do bairro do Fonseca

Teatro em Niterói e música no Rio são as opções desta quinta-feira

Teatro em Niterói e música no Rio são as opções desta quinta-feira

Paulinho Gogó se apresenta na Casa de Artes e Teatro Municipal de Niterói; ‘Mais que Dilmais’ segue no Teatro AMF e o Grupo Semente comanda o samba no Centro Cultural Carioca

Paulinho Gogó traz o riso a Niterói

Humorista faz apresentação nesta quinta-feira, no Fonseca

Conhecido nacionalmente pela participação na Praça é Nossa, do SBT, Paulinho Gogó se apresenta nesta quinta, a partir das 21h, na Casa de Artes e Teatro Municipal de Niterói.

No show o personagem conta suas próprias estórias que por si só já são de fazer qualquer um rolar de rir, mas ainda conta com a presença de palco e o jeito único de um dos personagens mais queridos do País.

Paulinho Gogo é um contador de histórias, com um jeito bastante peculiar de falar. Cheio de gírias e troca de sílabas, ele acaba arrancando risadas de todos pelo seu jeito alegre e irreverente de se comunicar.

A apresentação faz parte do Stand-up No Gogo do Paulinho e apresenta suas próprias histórias em tom de humor.

Além de fazer sucesso no humorístico do SBT, o personagem também já deu suas caras na Escolinha do Professor Raimundo, comandado pelo grande e eterno mestre do humor brasileiro, Chico Anysio.

Interpretando Paulinho, Maurício Manfrini é um carioca que já fez de tudo um pouco. De fabricante de pipa a vendedor de tecidos. Foi da sua experiência de vida que surgiu Paulinho Gogo.

O início da carreira não foi fácil. O ator trabalhou como assistente de um teatro, onde fazia de tudo. Aos poucos, começou a participar de espetáculos infantis.

Sua carreira, realmente, começou na Rádio Tupi, onde criou seus principais personagens. Na TV estreou em 2001, quando foi convidado por um redator da Rede Globo para participar de um teste que selecionaria novos integrantes da Escolinha do Professor Raimundo, onde ficou durante um ano.

Logo após, foi convidado a participar da Praça é Nossa, com o mesmo personagem. 

A Casa de Artes está localizada na Rua Dr March, 182, no Barreto. O ingresso para o espetáculo custa R$ 40, sendo R$ 20 para estudantes e pessoas acima de 61 anos que estiverem munidos de documentos que comprovem o mesmo. Outras informações pelo 2720-1063.

‘Mais que Dilmais’, no Teatro AMF

Um show completo, sem exageros. É assim que pode ser definido o espetáculo ‘Mais que Dilmais’, com Gustavo Mendes, em cartaz no Teatro Eduardo Kraichete, nesta quinta, a partir das 21h.

A mais recente revelação do humor brasileiro. Mendes reúne no palco uma compilação dos seus melhores textos de stand up comedy, piadas, performances musicais ousadas, como ver Maria Bethânia cantando funk, e Alcione, Roberto Carlos e Ana Carolina em situações engraçadas. Mas o principal momento é a imitação que o ator faz da presidenta.

Dilma Rousseff. Personagem que lhe rendeu fama nacional, mais de 12 milhões de visualizações no Youtube e elogios do contista Luiz Fernando Veríssimo e do humorista Cláudio Manoel ‘Casseta’ em entrevista ao Globo News Em Pauta.

Para compor o personagem, Mendes conta que assiste a discursos e entrevistas.

O Teatro Eduardo Kraichete fica na Av. Roberto Silveira 123, em Icaraí. O ingresso custa R$ 40. Outras informações pelo 2710-1549.

João Gabriel na Lapa

João Gabriel e o Trio Rapa Cuia se apresentam nesta quinta, a partir das 22h30, no Lapa 40 Graus. A noite será marcada por um forró pé de serra de qualidade.

O trio de cariocas que formam o Rapa Cuia, que são Fernando Nazareth (Zabumba e voz), Rogério “Lorão” e Rafael Elias (Sanfona e voz), é amante da cultura nordestina e se propôs a espalhar a semente que Luiz Gonzaga plantou.

À meia-noite o cantor sertanejo João Gabriel faz show do seu quinto CD, De Carona na Vida.
O repertório traz a nova música de trabalho To Pegando Só Princesa, além dos sucessos Carona, A Minha Mulher Deixa, Sertanejo é no Rio, Agora Chora, Estrada de Chão.

O Lapa 40 Graus fica localizado na Rua do Riachuelo, 97, na Lapa. O ingresso para o espetáculo custa R$ 30 (masculino) e R$ 20 (feminino). Outras informações pelo telefone 3970-1338.

Marquinhos de Oswaldo no Bar da Boa, no Rio

Marquinhos de Oswaldo Cruz dá continuidade ao projeto Bambas da Boa no Bar da Boa, nesta quinta, a partir das 22h.

Toda semana, sempre às quintas, o cantor e compositor convida um artista consagrado para participar da roda de samba do Bar da Boa Show, na Lapa.

Na segunda edição, que é em homenagem aos 89 anos da Portela, as participações ilustres são de Tia Surica, da Velha Guarda da Portela e Teresa Cristina.

“Tenho muito prazer que eu retorno com esse evento”, conta Marquinhos de Oswaldo Cruz.

O repertório do show foi escolhido a dedo, e conta com pérolas como Apoteose do Samba (Silas de Oliveira e Mano Décio da Viola), Estrela de Madureira, Geografia Popular (Marquinhos de Oswaldo Cruz, Arlindo Cruz e Edinho), Filosofia do Samba (Candeia) e Além da Razão (Luiz Carlos da Vila), entre outros sucessos.

O Bar da Boa fica localizado na Av. Mem de Sá, 69, na Lapa. O ingresso para a apresentação custa R$ 35 (masculino) e R$ 25 (feminino). Outras informações pelo 2220-4446.

Grupo Semente toca na Lapa

Conhecidos da cena carioca, músicos prometem ritmo

O Grupo Semente comanda o samba desta quinta no Centro Cultural Carioca. Um dos mais conhecidos da Lapa, o grupo levará todo o seu gingado para o palco carioca e promete uma noite cheia de ritmo.

Formado por João Callado (cavaquinho), Bernardo Dantas (violão de 7 cordas), Bruno Cunha (voz e percussão), Marcos Esguleba (percussão) e Mestre Trambique (percussão), o Grupo Semente se estabeleceu como um dos mais importantes da Lapa.

O título não veio por acaso, a importância se atribui por ser um dos responsáveis pela revitalização e pelo movimento cultural de reinvenção da noite desta região do Centro do Rio.

A trajetória remete ao ano de 1999, quando o grupo se reunia para fazer uma animada roda de samba no bar Semente, o que explica a escolha do nome. Na época, à frente já estava a talentosa Teresa Cristina.

O grupo participou do projeto Puxando Conversa, idealizado pela produtora TV Maxabomba. No ano seguinte, o Semente se apresentou no Teatro Rival para a comemoração de aniversário de Eliomar Coelho. O show também contou com grandes nomes do samba, como Nelson Sargento e Xangô da Mangueira.

Em 2002, o Grupo Semente lançou seu primeiro disco, A Música de Paulinho da Viola. Em seguida, vieram O Samba é Minha Nobreza (2002) e A Vida Me Fez Assim (2004).

Para quem deseja curtir a noite com muito samba, o Centro Cultural Carioca fica na Rua do Teatro, número 37, Lapa, no Rio de Janeiro. A entrada custa R$ 20. O show começa às 20h. Mais informações pelo telefone 2252-6468.



Fonte: http://jornal.ofluminense.com.br